Óleo Ozonizado

Em estudos realizados em Cuba demonstram que o Ozônio, em veículo oleoso, pode se manter estável por mais de 6 meses. Os melhores óleos são o azeite de oliva e  o óleo de coco, mas o óleo que mais mantém as propriedades do O3 é o Óleo de Girassol. O uso deste óleo ozonizado é para as lesões de pele, para clientes que não tenham acesso a geradores de ozônio no cotidiano, o que lhes permite levar o óleo de ozônio para casa, e utilizá-los em feridas, como umectante, para as feridas, como substituto a água ozonizada.

O óleo ozonizado possui ação Germicida, Antiinflamatória, Cicatrizante e Estimulante local.

Principais aplicações tópicas do óleo ozonizado:

-Ulceras de pele; infecções nas unhas; feridas cutâneas;

-Infecções da pele: Bacteriana, Fúngica e Viral;

-Queimaduras;

-Lesões por traumas; cirurgia/sutura; Picadas de insetos;

-Herpes Simples; Herpes Zoster;

-Onicomicose;

-Otites entre outras aplicações.

 

O óleo ozonizado possui excelente ação antimicrobiana, também possui um excelente potencial cicatrizante, ação antiinflamatória e efeitos protetores de pele. O ozõnio misturado no azeite de oliva ou girassol possui caracteristicas antimicrobianas, ativação da oxigenação tecidual e propriedades cicatrizantes.

Óleo ozonizado, consulte pelo e-mail: mariofbraga@gmail.com